Poesia de Natal:

Natal
Comemoremos com júbilo o Natal
Por ser uma data que aquece os corações,
Façamos uma retrospectiva sentimental
E relembremos da meninice as emoções.
Voltemos ao encantamento infantil
Pensemos no presépio, nos reis magos
Nas ovelhas e nas reses em seu redil,
Lá estava o Menino entre afagos.
O pinheiro de globinhos enfeitado
A emoção de ver acesas as velas,
Tudo lindo, místico, deslumbrado
Com mais brilho cintilavam as estrelas.
Na árvore, predomínio da estrela guia,
Quase audível dos arcanjos o cantar
Quanta saudade desses tempos de magia
Jesus, vieste nossas almas iluminar!

Autor: Frederico Eduardo Wollmann
Poesia de Natal:

Published in: on dezembro 16, 2009 at 8:02 am  Deixe um comentário  

The URI to TrackBack this entry is: https://gilcinei.wordpress.com/2009/12/16/poesia-de-natal-2/trackback/

RSS feed for comments on this post.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: